Associação Minhota de Apoio ao Doente Oncológico de Senologia
Contacte-nos: (+351) 967 568 963

girl

Banco Social
Para satisfazer necessidades primárias, a AMADOS está a desenvolver uma rede de apoio. mais info

 

Voluntariado
A AMADOS necessita da colaboração e do apoio da Comunidade. Quer ser Voluntário/a? mais info
Fisioterapia
Desempenha um importante papel na prevenção de sequelas do tratamento ao cancro da mama. mais info

 

Nutrição
Uma alimentação saudável é essencial ao equilíbrio entre o corpo e a mente e a uma recuperação mais eficaz. mais info

COMUNICAÇÃO / NOTÍCIAS

 Junte-se à AMADOS nos vários eventos que organizamos ao longo do ano. Visite-nos, apoie-nos. Acompanhe todas as nossas acções aqui e no Facebook.

 

laco rosa

  • A AMADOS tem realizado vários eventos com o objetivo de divulgar a Associação, os seus serviços e as suas atividades. [ler mais]

A AMADOS esteve no programa de rádio "A NOSSA TERRA"  da Antena Minho. Ouvir o programa no Youtube. Divulgue.

 

COMO COLABORAR

 Veja como pode ajudar a AMADOS:

 

voluntariado novo

 

Voluntariado
A principal força da AMADOS são as suas
Voluntárias e os seus Voluntários.
Saiba como pode ser Voluntário/a

 

patrocinador novo 1

 

Patrocínios
Várias empresas e pessoas patrocinam
eventos e actividades da AMADOS.
Saiba como pode ser Patrocinador/a

parceiro novo 1

 

Parcerias
Associações, organizações e empresas
aceitaram o desafio de ser nossos Parceiros
Saiba como pode ser Parceiro/a

 

doador novo 1

 

Doações
As doações ajudam-nos a manter o projecto
e a atingir os nossos objectivos
Saiba como pode enviar um donativo

 

SEJA AMADOS

 Clique aqui para saber como pode inscrever-se como Sócio(a).

TESTEMUNHOS

 O seu testemunho pode ajudar outros.

 

Paula Fernandes
Paula Fernandes Secretária/Recepcionista
O meu nome é Paula e tal como outras mulheres também eu tive cancro da mama. Tive o meu primeiro contacto com a AMADOS após oito ciclos de quimioterapia seguida de mastectomia. Apesar do apoio incondicional da minha família precisava de alguém que compreendesse toda a dor que eu sentia, todas as transformações físicas e psicológicas pelas quais eu estava a passar. Assim, após ter terminado a quimioterapia e ter sido submetida a mastectomia é que consegui a minha primeira consulta de psicologia, que, além de tardia, não iria ter seguimento devido a uma ausência temporária da psicóloga (licença de maternidade). Mas felizmente pôs-me em contacto com a Célia que se prontificou a vir ter comigo a minha casa. Além de me ouvir também me convidou a aparecer na associação. Para mim, ter contacto com pessoas que tinham passado ou estavam a passar pelo mesmo que eu, poder falar do que sentia e sentir um olhar de compreensão de quem estava ao meu lado, fez toda a diferença para eu começar a olhar para vida de outra forma. Hoje digo com muita satisfação que na AMADOS encontrei pessoas que me fizeram olhar para a vida de outra forma e principalmente AMIGAS para toda a vida. Uma vez perguntaram-me o que é que a doença me tinha trazido de bom? Numa primeira fase disse que não me tinha trazido nada. Mas hoje sei que me trouxe a oportunidade de conhecer pessoas que fizeram toda a diferença na minha vida.

 

PORQUÊ A AMADOS?

O projeto da AMADOS pretende implementar uma série de ações que visam a qualidade de vida e estilos de coping adaptativos face à doença. O conhecimento da realidade ecológica das pessoas com cancro da nossa população foco, levou-nos a criar uma série de atividades que promovam a reinserção e o empoderamento das pessoas afetadas pelo cancro. Para criar estas atividades tivemos em conta as principais causas, as necessidades associadas e os recursos sociais disponíveis, assim como as teorias que defendem que a comunidade é um fator protetor, já que auxilia, acompanha e incentiva as relações de ajuda e sentimento.

Estratégias de coping
Porque o cancro é uma experiência marcante na vida de doentes, familiares e amigos. O choque do diagnóstico, as limitações associadas aos tratamentos e a incerteza quanto ao futuro, contribuem para um sentimento de tristeza, solidão e angústia.
Ajuda personalizada
Muitas pessoas consideram que é útil discutir as suas preocupações com outras que também têm cancro. No entanto, é importante lembrar que todas as pessoas são diferentes. O modo como uma pessoa lida com a doença, pode não ser adequado para outra.
Partilha de experiências
Voluntárias treinadas, que já tiveram cancro da mama, podem falar ou visitar mulheres com cancro da mama, dar informações e dar apoio emocional. Muitas vezes, partilham a sua experiência do tratamento do cancro da mama, da reabilitação e da reconstrução da mama.
Protocolos de colaboração
A AMADOS prepara parcerias com unidades hospitalares e centros de saúde da região do Minho destinadas a facilitar a acessibilidade aos cuidados de saúde ao doente em situação de carência socioeconómica comprovada, minimizar o impacto da doença no agregado familiar e promover a reintegração social, em articulação com os parceiros da comunidade.

 

 

ACÇÕES DE SUCESSO

 A AMADOS está presente em vários eventos e organiza muitos outros.

 

sucesso1 novo

 

Um dia no mercado...
Não faltamos a nenhum ;)

 

sucesso2 novo

 

II Festival de Reis
Que Voluntárias maravilhosas temos.

sucesso3 novo

 

Jantar Solidário de Natal 2013
Uma noite inesqucível.

 

sucesso4 novo

 

I Feirinha das Bruxarias Solidárias
A nossa participação foi um êxito.

 

Siga-nos nas redes sociais

Anúncios

  • A AMADOS dispõe agora de conta na Paypal. Já pode pagar as quotas e fazer donativos enviando os valores para a seguinte conta: paypal@amados.pt
  • Dentro de dias teremos uma formação de gestão de voluntariado. Esteja atento/a.

Contactos

Morada:
Junta de Freguesia de Gualtar, Rua da Bouça nº 4 Gualtar, 4710 - 053 Braga
E-Mail:
This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
Web:

Sobre nós

A AMADOS é uma Instituição Particular de Solidariedade Social criada em 2013 com o propósito de apoiar a deficiência, a reabilitação e inclusão social de pessoas com diagnóstico de cancro da mama.